Duas Estantes

AUSÊNCIA, BLUES E A IMPORTÂNCIA DAS PERGUNTAS

Reno acabou de sair da faculdade e está sozinha em Nova York. Anos 70, plena crise industrial nos EUA. Momento efervescente para a classe artística local. Reno está à procura de si, à procura de respostas que não necessariamente irá encontrar. Ingênua e demasiadamente dependente, ela é a personagem principal de “Os Lança-Chamas”, de Rachel Kushner.

AS ESCRITORAS DE NOSSA ESTANTE – Parte 2

Uma das grandes vantagens de ser leitor é o poder de escolha. A escolha de um autor, um gênero, uma edição. Quando se ler por prazer, não devem existir amarras ou obrigações. Em março, como lembrança ao Dia Internacional das Mulheres, o Duas Estantes escolheu ler apenas obras delas.

AS ESCRITORAS DE NOSSA ESTANTE – Parte 1

Neste mês de março, iremos participar do desafio #mulheresparaler, proposto pelo Canal Conto em Canto, da youtuber Iara Nogueira. Logo, logo, tem videozinho meu passando na nossa TL. Da minha TBR, quero ler esse mês, ou pelo menos começar, além de “Fugitiva”, de Alice Munro e “A casa”, da cearense Natércia Campos.

5 LEITURAS PARA PULAR O CARNAVAL EM CASA

Então, você vai passar o Carnaval em casa? Se a resposta é sim e você estiver com a carinha triste, não fique assim! Que tal passar o feriadão lendo – e lendo só coisa boa para não cair na bad… Foi pensando nisso que eu resolvi fazer uma listinha com cinco leituras marotas para a folia.

OS ESCRITORES CEARENSES QUE AMAMOS

Em tempos de popularidade dos escritores estrangeiros, não é mais tão fácil encontrar pessoas que curtam literatura nacional. Se é assim com os escritores brasileiros, que dirá para os cearenses… Nadamos contra a corrente e trouxemos uma seleção de autores da terrinha que marcaram e marcam nossas vidas de leitoras!

LEITURAS DE JANEIRO, por Rosi Melo

Neste ano de 2017, eu me propôs a ler com calma obras mais densas e teóricas. As leituras deste mês de janeiro, acredito, refletem um pouco dessa minha preocupação.

NOSSAS METAS PARA 2017

Decidimos afrouxar as leituras em 2017, mas isso não quer dizer que maneiramos nas escolhas……. Tem de tudo: desde Agatha Christie a Getúlio Vargas. Tá imperdível!

UMA RETROSPECTIVA PRA LÁ DE ATRASADA (2ª PARTE)

O ano passado foi ruim em muitos aspectos, felizmente não no que diz respeito às minhas leituras. Comecei 2016 com uma meta de quê? 30, 35 livros? E terminei com 61. Li, no final das contas, 57 livros!

2016, UMA RETROSPECTIVA ATRASADA (1ª PARTE)

Apesar de ter lido bem menos do que a minha meta previa e ter aprendido a lição de fazer metas mais modestas, o balanço foi positivo. Foram 18 livros lidos, sete novos autores que conheci e mais quatro livros estão em andamento para esse ano.

Resenha – Talvez um dia, de Colleen Hoover

Por Rosi Melo. Talvez um dia (Galera Record, 2016) é a segunda obra da americana Colleen Hoover que leio e preciso logo dizer que foi sim uma leitura que valeu meu tempo. O primeiro livro que li da autora foi Ugly Love (ou O Lado Feio do Amor em português), uma leitura desinteressada de […]