CINCO DICAS PARA LER MELHOR | Duas Estantes

CINCO DICAS PARA LER MELHOR

POR ROSI MELO

Antes de mais nada, gostaria de esclarecer que este post não vem ditar regras sobre como, quando, onde etc. se deve exercitar a leitura. Já falei por aqui e repito novamente: leitura por prazer deve ser uma experiência íntima e livre. Na verdade, a proposta do post é compartilhar como organizo as minhas leituras, que, acredite, não são tão organizadas assim. A vida nem sempre deixa, né?

O título desse texto chama-se “5 dicas para ler melhor”. Fiz questão de escrever “ler melhor” porque sabemos muito bem que ler mais ou ler rápido não é necessariamente ler melhor, aprender melhor, desconstruir ideias pré-concebidas. Coisinhas necessárias na vida de um leitor. Meu desejo, portanto, é mostrar algumas ~tentativas~ que faço para conciliar trabalho, projetos, tcc e minhas leituras.

Pois vamos ao que interessa:

 

1. Um livro por semana

Esse é um desafio recente para mim. E um dos grandes desafios para todos nós, leitores. Todo dia a gente lembra de um livro que tá na estante há séculos e precisa ser lido, ou lê sobre o novo livro do nosso autor predileto e já quer comprar, ou abre o Skoob e descobre uns trocentos lançamentos de tirar o fôlego. Não é fácil controlar a gula diante de tanta fartura!!!

Mas, como ando meio aperriada na vida, decidi ler pelo menos um livro por semana. E ler com calma, pesando as palavras e deixando elas crescerem dentro de nós. Dificilmente você me verá lendo mais de uma obra ao mesmo tempo, embora aconteça e, quando acontece, eu geralmente tento equilibrar obras mais extensas com outras mais breves.

 

2. Ler todos os dias

Nem sempre dá. Tem dia que o céu e o inferno caem nas nossas costas. Mas diariamente eu me proponho esse desafio. Se vou cumpri-lo ou não, não dá para prever, mas a gente faz aquela tentativa, não é mesmo?

Minha metinha é ler pelo menos 50 páginas por dia, mas sempre acabo lendo mais se o livro for interessante ou lendo menos se a leitura empacar. Claro que a quantidade de páginas não é regra. Você faz a sua leitura no seu tempo. Eu, por exemplo, não programo um horário do dia para ler. Sou mais produtiva pela manhã, mas minhas manhãs são meio loucas. Então vou aproveitando as migalhas de tempo livre que o dia pode me dar. Se a minha semana estiver muito cheia, separo um pedaço do fim de semana para folhear um bom livro. Porém, quando leio somente no fim de semana, faço aquele esforcinho para reservar mais tempo à leitura.

Durante as férias ou feriados, tenho uma dificuldade imensa para ser produtiva nas leituras. Quanto mais tempo livre eu tenho, menos leio. Vai entender. Mas se funciona para você, #partiu.

 

3. Fazer marcações

Sou uma pessoa naturalmente dispersa. Por mais que eu esteja amando a leitura, às vezes eu simplesmente me perco no meio de um parágrafo. Sem falar que minha memória é péssima. Ler me ajuda bastante a respeitar o silêncio, lutar contra a inquietação e agregar ideias. Mesmo assim, em meio a tanta tecnologia e atividades a explorar, ainda tenho uma grande dificuldade de concentração – a nossa geração, em sua grande maioria, sofre deste mal. Por isso, fazer marcações nas páginas, seja com caneta marcador, post-its ou até mesmo aqueles adesivos para marcar a página, ajuda (e muito) a organizar a leitura

 

4. Ter um espaço para leitura

Não sou nem anseio ser aquela tia chata da biblioteca. Entretanto, só consigo ler bem em silêncio. Se você consegue criar uma bolha ao seu redor durante a leitura e ignorar o mundo explodindo ao redor, beleza, mas eu não sou assim. Como já disse, sou bem dispersa. Qualquer barulhinho e já estou em outra constelação. Por isso, é importante que eu tenha um espaço em casa onde eu possa ler em paz, sem muitas interrupções externas. Se em casa não tá dando, corro para uma biblioteca, praça ou qualquer outro ambiente mais calmo. Tem gente que dá maior valor a uma leitura no ônibus. Eu não consigo, mas se funciona para você, se joga.

 

5. Ler o que me interessa

Sei que escola, faculdade, cursinho, etc. exigem leituras que nem sempre são o que nos interessa. Sei bem. Este tópico está aqui para dizer apenas que, além dessas leituras obrigatórias, precisamos ler também por prazer. Tem uma galera aê que, mesmo quando teoricamente está lendo por prazer, não se anima com isso. E leitura precisa ser uma diversão, sabe, para pessoas de todas as idades. Não adianta escolher uma obra porque fulano de tal leu ou porque é uma obra obrigatória para quem gosta disso ou daquilo.

Se não me conquistou, largo logo a leitura. Quando lemos por prazer, a gente não é obrigada a nada, coleguinhas. Agora se você tem o desejo de ler algo e sabe que será uma leitura complexa e mesmo assim quer insistir nela, tudo bem. Vai em frente, meurmão! Mas faz isso por você, não para conquistar um status literário. Acredite, infelizmente isso existe.

Comentários

Nenhum comentário em "CINCO DICAS PARA LER MELHOR"

Comentários fechados.